Novembro azul e dourado: prevenção para homens, crianças e jovens

0
96

Novembro chega em duas cores para o CEBROM Medicina Oncológica, na cor AZUL onde falamos sobre a importância da prevenção ao Câncer de Próstata e também a cor DOURADA que é a prevenção ao Câncer Infanto Juvenil.

Durante todo mês de novembro o CEBROM disponibilizará conteúdo informativo e preventivo via redes sociais @cebromoficial e aqui no blog e, também, em nosso canal do YouTube com vídeos específicos auxiliando para uma melhor compreensão da população em geral sobre os assuntos relacionados aos canceres que acometem homens, crianças e adolescentes. O #NovembroAzul e o #NovembroDourado divulgam informações sobre esses tipos de Cânceres que não têm uma causa mas, fatores de riscos ambientais, comportamentais, históricos, hereditários, genéticos e outros tantos motivos que infelizmente levam a morte de milhares de homens, crianças e adolescentes todos os anos.

O novembro azul – prevenção ao Câncer de próstata, tipo mais comum entre os homens, é a causa de morte de 28,6% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas. No Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata, segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional do Câncer (Inca). E os homens ainda esbarram no “preconceito e no medo” em se cuidar mais. O câncer de próstata (CaP) permanece como a neoplasia sólida mais comum e a segunda maior causa de óbito oncológico no sexo masculino. Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) preveem para o ano de 2019 o diagnóstico de 1.201.619 novos casos e 335.643 óbitos no mundo pela doença, o que corresponde a aumento em relação ao ano de 2012 de 9,7% e 9,2%, respectivamente. No Brasil, a mesma instituição prevê 79.882 novos casos e 18.850 óbitos no mesmo período, o que significa que ainda quase 25% dos portadores de câncer de próstata morrem devido à doença. Atualmente, cerca de 20% dos pacientes portadores de câncer de próstata ainda são diagnosticados em estágios avançados, embora um declínio importante tenha ocorrido nas últimas décadas em decorrência principalmente de políticas de rastreamento da doença e maior conscientização da população masculina. (OMS).

O novembro dourado prevenção ao Câncer Infanto Juvenil, os tipos de câncer que mais acometem crianças e adolescentes são a Leucemia, seguido de tumores do Sistema Nervoso Central e tumores de Linfoma. Sabe-se que é a segunda causa morte do país para as crianças e adolescentes e estimativas mostram que o tempo de suspeita e diagnóstico podem ultrapassar 03 meses e, para o sucesso do tratamento, quanto mais precoce a descoberta maior a probabilidade de cura e, infelizmente, pouco se tem falado sobre isso. Assim como em países desenvolvidos, no Brasil, o câncer já representa a primeira causa de morte (8% do total) por doença entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos. Estima-se que ocorrerão cerca de 12.600 casos novos de câncer em crianças e adolescentes no Brasil em 2019. Veja por regiões: Sul (1.320), Centro-Oeste (1.270) e Norte (1.210). Nas últimas quatro décadas, o progresso no tratamento do câncer na infância e na adolescência foi extremamente significativo. Hoje, em torno de 80% das crianças e adolescentes acometidos de câncer podem ser curados, se diagnosticados precocemente e, tratados em centros especializados.

Continue nos acompanhando e divulgando o blog para maior alcance das informações.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui