Leucemia: fevereiro laranja é o mês de prevenção e combate

0
77

O QUE É LEUCEMIA?

É um tipo de Câncer que afeta os leucócitos (células brancas do sangue). Esse tipo de Câncer se origina na medula óssea – local onde se forma as células sanguíneas, é ali que são encontradas as células que dão origem aos glóbulos brancos, vermelhos e plaquetas, e dali segue espalhando-se para o restante do corpo. Ela pode ser aguda onde seu crescimento é muito rápido, ou, crônica onde o crescimento é lento.

QUAIS AS CAUSAS E FATORES DE RISCO?

Normalmente a sua origem é desconhecida, mas podem estar associadas a determinados fatores com risco aumentado em alguns tipos específicos. O que podemos dizer é que o risco de leucemia aguda é bem maior em crianças de até 05 anos.

É importante você saber que ter um fator de risco ou mesmo vários, não significa que você vai ter uma doença como o câncer. Muitas pessoas que contraem a doença podem não estar sujeitas a nenhum fator de risco conhecido.

  • Fatores Ambientais (radiações e produtos químicos);
  • Problemas Hereditários do Sistema Imunológico (como a ataxia telangiectásica, síndrome de Wiskott-Aldrich, Bloom e Schwachman-Diamond provocam problemas no sistema imunológico no nascimento);
  • Síndromes Hereditárias (Síndrome de Li-Fraumeni, Síndrome de Down (trissomia 21), Neurofibromatose e Anemia de Fanconi);
  • Fatores de Risco Genéticos;
  • Irmãos com Leucemia e 
  •  Supressão do Sistema Imunológico (tratamentos para doenças como HIV, remédios para quem recebeu transplante de órgãos entre outros).

Caso você ou filho esteja em um ou mais destes fatores de risco procure um hematologista para iniciar os exames e avaliações preventivas.

E QUAIS SÃO OS SINTOMAS?

Linfonodos (ínguas) que não doem, principalmente no pescoço e axilas, febre, suores noturnos, perda de peso sem motivo, dores nos ossos e articulações, palidez, tosse, dificuldade para respirar, aumento de baço, náuseas, vômitos, manchas roxas e sangramentos.

OS TIPOS

Dentro das Leucemias Agudas encontramos: LLA – Leucemia Linfoide Aguda, LMA – Leucemia Mieloide Aguda, Leucemia Mistas que são mais raras. Já as Leucemias Crônicas se dividem em: LMC – Leucemia Mieloide Crônica, LLC – Leucemia Linfoide Crônica e a Leucemia Mielomonocítica Juvenil.

OS TRATAMENTOS

Feito em etapas após o diagnóstico correto, seu princípio é a busca da remissão completa, porém basicamente o seu tratamento é feito com quimioterapia, tratamentos associados e em alguns casos o transplante de medula.

Enfatizamos que o diagnóstico precoce é melhor caminho, ou seja, a prevenção é fundamental. Crianças e adolescentes também precisam fazer a prevenção para esse tipo de Câncer.

Estamos a sua disposição.

Confira nosso vídeo de Novembro Dourado onde falamos sobre todos os canceres que afetam as crianças e adolescentes em nosso CANAL DO YOTUBE.

Fonte: INCA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui