Janeiro Verde: prevenção ao Câncer de Colo de Útero

0
21

Janeiro é um mês dedicado a prevenção do Câncer de Colo de Útero. O INCA estima que em 2019 serão diagnosticados cerca de 16 mil novos casos no Brasil. Ele é o terceiro mais frequente na população feminina, quarta causa de morte entre mulheres.

Esse tipo de Câncer pode ser diagnosticado durante o exame papanicolau, ou seja, novamente voltamos a dizer que o melhor caminho é a prevenção.

A maioria dos casos diagnosticados são em mulheres entre 35 e 44 anos, também estendendo a mulheres com idade superior a 65 anos.

Para que o câncer de colo uterino se desenvolva, existem vários fatores de risco mas o principal é a persistência de infecção por HPV cancerígeno ou de alto risco (pois a maioria não é cancerígeno). Deve ficar bem claro no entanto que nem toda mulher que tenha infecção por HPV terá câncer. Aliás somente uma pequena parte das infectadas terão a doença. Uma forma de dimensionarmos isso é saber que cerca de 50% das mulheres sexualmente ativas são portadoras de HPV, ou seja milhões de mulheres, enquanto o numero de canceres previsto é de 16 mil.

O câncer de colo uterino tem prevenção justamente por ter as chamadas alterações pré cancerígenas causadas pelo HPV e notadas no exame de prevenção. O tempo entre alterações do HPV e o surgimento do câncer é longo, podendo chegar a vários anos. Vemos aqui então as duas formas básicas de prevenção: vacinação para HPV cancerígeno das pacientes ainda sem exposição (adolescentes) ou fazer o exame preventivo para se descobrir as lesões pré cancerígenas.

No nosso próximo post vamos falar sobre fatores de risco e sintomas.

Compartilhe com todos, vamos fazer a corrente do bem.

CEBROM

Cuidar, Sempre

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui