Fatores de Risco e Sintomas do Câncer de Colo de Útero

0
47

Em nosso primeiro post de janeiro verde falamos um pouco sobre o que é o Câncer de Colo de Útero e algumas estatísticas, hoje vamos trazer os principais fatores de riscos e sintomas.

FATORES DE RISCO

O Câncer de Colo de Útero é mais frequente em mulheres que:

  • Doenças sexualmente transmissíveis, como clamídia ou gonorreia;

  • Infecção com HPV;

  • Múltiplos parceiros sexuais;

  • Tempo de uso de anticoncepcional prolongado.

Como falamos no post anterior para que o câncer de colo uterino se desenvolva, existem vários fatores de risco mas o principal é a persistência de infecção por hpv cancerígeno ou de alto risco (pois a maioria não é cancerígeno). Deve ficar bem claro no entanto que nem toda mulher que tenha infecção por hpv terá câncer. Alias somente uma pequena parte das infectadas terão a doença. Uma forma de dimensionarmos isso é saber que cerca de 50% das mulheres sexualmente ativas são portadoras de hpv, ou seja milhões de mulheres, enquanto o numero de canceres previsto é de 16 mil.

O câncer de colo uterino tem prevenção justamente por ter as chamadas alterações pré cancerígenas causadas pelo hpv e notadas no exame de prevenção. O tempo entre alterações do hpv e o surgimento do câncer é longo, podendo chegar a vários anos. Vemos aqui então as duas formas básicas de prevenção: vacinação para hpv cancerígeno das pacientes ainda sem exposição (adolescentes) ou fazer o exame preventivo para se descobrir as lesões pré cancerígenas.

SINTOMAS

  • Sangramento vaginal sem causa aparente e fora do período menstrual;

  • Dor abdominal ou pélvica;

  • Sensação de pressão no fundo da barriga;

  • Corrimento vaginal alterado que apresente mau cheiro ou mesmo uma cor mais forte;

  • Sensação de bexiga cheia mesmo ao evacuar;

  • Vontade frequente de urinar;

  • Perda de peso sem causa.

Quando um ou mais destes sintomas é apresentado recomendamos a procura imediata de um ginecologista para exames preventivos como papanicolau ou mesmo a colposcopia com biópsia.

Continue acompanhando nosso blog.

CEBROM

Cuidar, Sempre

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui