Entenda mais sobre a doação de sangue

0
28

Hoje no dia mundial do doador de sangue, queremos falar um pouco sobre esse ato tão importante. O objetivo desta data é homenagear a todos os doadores de sangue e conscientizar os não-doadores sobre a importância deste ato, que é responsável pela salvação de milhares de vida.

Você não deve ir doar sangue em jejum, na verdade a recomendação para o voluntário é que tenha feito uma alimentação mais leve nas últimas três horas pelo menos. A menstruação não impede a doação. O que determina a possibilidade ou não de doar, é o teste de anemia feito em todos os doadores na triagem.

Saiba que ao voluntário tem direito a uma única folga por ano independentemente do número de doações que ele fizer, a folga está prevista no artigo 473 da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) e prevê que o funcionário apresente comprovação para a falta.

O QUE ACONTECE COM O SANGUE QUE EU DOEI E O QUE POSSO DOAR?

O sangue total coletado é submetido a uma série de etapas antes de ser liberado para utilização. Existe a doação total que é o tipo mais comum de doação e o tempo de todo o processo é de aproximadamente 50 minutos; após a doação o sangue é processado e separado em até quatro componentes: concentrado de hemácias, plasma, concentrado de plaquetas e crioprecipitado. Esse material coletado normalmente é utilizado em cirurgias e outros tratamentos gerais. Temos também a doação de plaquetas que são bem esperadas por pacientes com câncer, em tratamento com quimioterapia ou com doenças hematológicas têm maior necessidade deste hemocomponente, e o tempo para doação é de aproximadamente 90 minutos, lembrando que o intervalo mínimo para a doação é de 48 horas, no máximo 4 vezes por mês e 24 vezes ao ano. As plaquetas têm função importante na coagulação do sangue; e temos também a doação de Hemácia é o hemocomponente mais utilizado pelos pacientes que necessitam de transfusão eatravés dessa forma é possível obter uma quantidade maior de hemácias a partir de uma única doação, principalmente quando há necessidade de sangue fator Rh negativo que apresenta menor prevalência na população brasileira;

QUEM PODE DOAR?

Para doar sangue é necessário ter idade mínima de 16 anos e máxima de 69 anos, pesar no mínimo 50kg, ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas e não ingerir bebidas alcoólicas nas 24 horas que antecedem a doação. É de extrema importância estar bem de saúde, sem gripe, resfriado ou febre há, no mínimo, 7 dias, não estar em período de gravidez ou amamentação, não ter feito tatuagem ou piercing nos últimos 6 meses (piercing na boca ou na genitália impedem definitivamente a doação) e não ter feito uso de drogas injetáveis. Fique atento pois é vetado ter visitado regiões onde há surto de febre amarela nas últimas quatro semanas e não ter tido relação sexual em que tivesse risco de doenças sexualmente transmissíveis nos últimos 12 meses.

O QUE FAZER APÓS DOAR?

Após a doação é necessário fazer repouso de 15 minutos para evitar mal estar, beber bastante líquido, evitar esforço físico exagerado por 12 horas, especialmente com o braço utilizado na doação e se tiver febre, diarréia ou outro sintoma de doença infecciosa até sete dias após a doação, comunicar imediatamente o Banco de Sangue.

Homens podem doar sangue até 4x por ano e as mulheres até 3x por ano.

Doar sangue é mais que caridade, é um ato de amor a vida do próximo!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui